Ciclista faz 650 KM na “ROTA DO ROSÁRIO”

Agradecendo por 2023 e buscando bênçãos para novo ano

Em uma emocionante jornada de fé e superação, o ciclista e turista religioso Bruno Henrique dos Santos, faz peregrinação pela Rota do Rosário, percorrendo 650 km de bicicleta. Partindo do Santuário Nossa Senhora das Brotas, Bruno procura agradecer pelo ano de 2023 e buscar bênçãos para o ano de 2024.

Bruno é morador de Ponta Grossa e atua na área propagandista e vendedor, ao ser questionado sobre o início da sua jornada, ele destaca que é em agradecimento. “Iniciei sexta-feira, dia 12, a Rota do Rosário, saindo aqui de Piraí do Sul, até completar os 650km pelo trecho de bicicleta. Passando pelo Norte Pioneiro e pelos Santuários. O objetivo é agradecer o ano de 2023 e pedir uma bênção para o ano de 2024. Que seja um ano abençoado, que a gente consiga terminar com muita saúde e paz, para ser um ano de bênção para todos os nossos familiares, amigos, enfim todo mundo.”, afirmou o ciclista.

Sobre a duração da pedalada, Bruno afirmou: “Serão seis dias de pedalada pelo trecho. No primeiro dia (sexta-feira, 12) vou até Arapoti; no segundo, até Ibaiti; no terceiro, Bandeirantes; no quarto, até Ribeirão Claro. No quinto dia, retorno para Siqueira Campos, e encerro o sexto dia em Arapoti novamente.”

Essa peregrinação singular não apenas simboliza a busca espiritual de Bruno, mas também promete inspirar aqueles que seguem a Rota do Rosário, seja ela de bicicleta, a pé, cavalo, carro em busca de um encontro pessoal e com Deus através das belas paisagens de campo e em especial dos Santuários e Igrejas que fazem parte da Rota do Rosário.

ROTA DO ROSÁRIO – Criada em 2008, a Rota do Rosário é um dos roteiros do Turismo Religioso mais estruturados do Paraná. Seu trajeto forma exatamente um rosário, e inclui não apenas as igrejas católicas, mas que também divulga patrimônios culturais, históricos e arquitetônicos das regiões.

Além dos já citados no mapa, também integram o roteiro os santuários de Santa Terezinha do Menino Jesus (Bandeirantes); Mãe Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, Catedral de Nossa Senhora Imaculada Conceição e Nossa Senhora de Guadalupe (Jacarezinho); Santo Inocêncio (Tomazina); Diocesano do Sagrado Coração de Jesus (Ibaiti); Senhor Bom Jesus da Pedra Fria (Jaguariaíva); São Vicente Palloti (Ribeirão Claro); Divino Espírito Santo (Ribeirão do Pinhal); e Nossa Senhora das Graças (foto), Santo Antônio da Platina).

A rota também conta com 7 vocações ao longo do caminho.

Junto ao roteiro religioso, os romeiros aproveitam para conhecer outros atrativos da região, aliando a fé a experiências gastronômicas a belezas naturais e arquitetônicas.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.